Funções Built-in do Python

No post anterior dei uma breve Introdução ao Python. Neste eu irei mostrar a utilização de algumas de suas funções built-in.

Funções built-in são funções internas e nativas, ou seja, que já vem incorporadas na linguagem e estão sempre disponíveis para utilização. Assim não é necessário a importação. Basta utilizá-las diretamente no seu código quando desejar.  O Python possui diversas funções built-in. Segue abaixo a listagem de todas elas:

Built-in Functions
abs() dict() help() min() setattr()
all() dir() hex() next() slice()
any() divmod() id() object() sorted()
ascii() enumerate() input() oct() staticmethod()
bin() eval() int() open() str()
bool() exec() isinstance() ord() sum()
bytearray() filter() issubclass() pow() super()
bytes() float() iter() print() tuple()
callable() format() len() property() type()
chr() frozenset() list() range() vars()
classmethod() getattr() locals() repr() zip()
compile() globals() map() reversed() __import__()
complex() hasattr() max() round()
delattr() hash() memoryview() set()

 

Irei utilizar a versão 3.5 do Python para exemplificar o uso de algumas funções. Segue abaixo alguns exemplos:

abs(x)

Retorna o número absoluto de um número, aceita números inteiros e ponto flutuantes.

>>> abs(20)
20
>>> abs(-2)
2
>>> abs(4.2)
4.2
>>> abs(-3.6)
3.6

 

bin(x)

Converte um número inteiro em uma string binária.

>>> bin(10)
'0b1010'

 

delattr(object, name)

Exclui o atributo de um objeto. O primeiro parâmetro é o objeto que terá o atributo removido, o segundo parâmetro é a string com o nome do parâmetro que será removido.

>>> # Criando uma classe
>>> class Aluno():
... def __init__(self):
... self.nome = 'Joao'
... 
>>> # Instanciando a classe
>>> aluno1 = Aluno()
>>> print(aluno1.nome)
Joao
>>> # Removendo o atributo
>>> delattr(aluno1, 'nome')
>>> print(aluno1.nome)
Traceback (most recent call last):
 File "<stdin>", line 1, in <module>
AttributeError: 'Aluno' object has no attribute 'nome'

 

format(value [, format__spec])

Formata o valor passado no primeiro parâmetro para o formato passado no segundo parâmetro.

>>> print("Formatando um número inteiro para float: ", format(2, 'f'))
Formatando um número inteiro para float: 2.000000
>>> print("Formatando um número inteiro para binário: ", format(5, 'b'))
Formatando um número inteiro para binário: 101

 

input([prompt])

Esta função pode ser utilizada para receber valores de entrada de um usuário, o valor digitado pode ser armazenado em uma variável, conforme os exemplos a seguir.

>>> nome = input("Qual é o seu nome? ")
Qual é o seu nome? João
>>> idade = input("Qual a sua Idade?")
Qual a sua Idade? 20 anosutiliza-las 
>>> print(nome, " tem ", idade)
João tem 20 anos

 

print(*objects, sep=’ ‘, end=’\n’, file=sys.stdout, flush=False)

Esta função é utilizada para imprimir mensagens. Na versão 3 do python é necessário que a mensagem esteja dentro de parenteses (), diferente da versão 2. Ela pode receber vários argumentos separados por virgula, conforme o exemplo a seguir.

>>> num = 1
>>> letra = 'a'
>>> print("Exibindo a letra: ", letra, " e o número: ", num)
Exibindo a letra: a e o número: 1
>>> 
>>> print("imprimindo uma mensagem qualquer")
imprimindo uma mensagem qualquer

Mas esta função também possui alguns parâmetros a mais. Um desses parâmetros é o sep. Por padrão o sep é um espaço em branco, mas se necessário este pode ser alterado para outro formato. Assim quando os valores são passado para o print, o sep insere o novo separador entre os valores:

>>> # exemplo sem nenhum separador:
>>> print(num, letra)
1 a
>>> # exemplos utilizando separador:
>>> print(num, letra, num, num, letra, sep="-")
1-a-1-1-a
>>> print(num, letra, num, num, letra, sep="|")
1|a|1|1|a

 

type(object)

Esta função retorna o tipo de um objeto.

>>> type(12328)
<class 'int'>
>>> type("teste")
<class 'str'>
>>> type(2.9)
<class 'float'>
>>> type([3,5])
<class 'list'>

 

Estes foram apenas alguns exemplos, existem inúmeras funções prontas que podem auxiliar no desenvolvimento do seu código. As demais funções podem ser encontradas na documentação oficial do Python!

Leave a Reply